História da Cidade - Portal da Prefeitura de Pereiras

Ir para o conteúdo

Menu principal:

A CIDADE
História da cidade de Pereiras
Prefeitura Municipal de Pereiras
O povoamento da região iniciou-se no século XVIII, decorrente primeiramente de pouso de tropeiros e de criação e comércio do gado, ao longo do Ribeirão das Conchas. No pouso dos tropeiros, famílias provindas de Bragança Paulista fixaram-se nas terras devolutas, como posseiros. Com esses braganceiros, como eram conhecidos, chegaram Inácio de Goes Leme, Rafael de Oliveira Pinto, Desidério da Silva Pinto e Rafael Bueno de Oliveira, por volta de 1831-1832.

Outras famílias foram se agregando, e formando um povoado que, por ocasião de sua elevação à freguesia em 1876, já contava com cerca de duzentas casas. Em 08 de dezembro de 1839, Bento Pereira Barbosa e outros membros das famílias Pereira de Araújo, construíram uma capela para abrigar a imagem de Nossa Senhora da Conceição, trazida de Bragança Paulista. Essa Capela, que ficou conhecida como a Capela dos Pereiras, ficava na parte baixa, na saída para Avaré e Botucatu, enquanto que na parte alta, saída para Tatuí, os Goes Leme construíram outra capela.
 
Em virtude da rivalidade, os Pereira erigiram nova capela, em terreno doado por Hermenegildo Alves de Morais, recebendo o nome de Nossa Senhora da Conceição do Ribeirão das Conchas. Com a elevação à freguesia, passou a chamar-se Freguesia de Nossa Senhora da Conceição dos Pereiras. Finalmente, em abril de 1889 é elevada a Vila (Município) denominada simplesmente Pereiras, desligando-se de Tatuí.
Formação Administrativa

Distrito criado com a denominação de Pereiras, por Lei Provincial nº 51, de 30 de março de 1876, no Município de Tatuí. Elevado à categoria de vila com a denominação de Pereiras, por Lei Provincial nº 93, de 04 de abril de 1889, desmembrado de Tatuí. Constituído de dois Distritos: Pereiras e Conchas. Sua instalação verificou-se no dia 26 de outubro de 1897. A Lei nº 819, de 11 de abril de 1902, desmembra do Município de Pereiras do Distrito de Conchas.

Cidade por Lei Estadual nº 1038, de 19 de dezembro de 1906. Em divisão administrativa do Brasil referente ao ano de 1911, o município se compunha do único Distrito Sede. Em divisão administrativa referente ao ano de 1933, o Município de Pereiras, compõe-se do Distrito Sede. Em divisões territoriais datadas de 31-12-1936 e 31-12-1937, bem como no quadro anexo ao Decreto-lei nº 9073, de 31 de março de 1938, o Município de Pereiras pertence ao termo judiciário de Tatuí, da comarca de Tatuí, e figura com Distrito Sede.

No quadro anexo ao Decreto-lei Estadual nº 9775, de 30 de novembro de 1938, para 1939-1943, o Município de Pereiras é composto de um único Distrito e pertence ao termo de Tatuí, da comarca de Tatuí. Pelo Decreto-lei Estadual nº 14334, de 30 de novembro de 1944, o Município de Pereiras, foi transferido da comarca de Tatuí para a de Conchas. No quadro fixado, pelo referido Decreto-lei Estadual nº 14334, para vigorar em 1945-1948, o Município de Pereiras, ficou composto do Distrito Sede, e pertence à comarca de Conchas.
 
Assim permanece nos quadros fixados pelas Leis Estaduais nºs 233, de 24-12-1948 para vigorar em 1949-1953 e 2456, de 30-12-1953, para 1954-1958. Em divisão territorial datada de 01-07-1960, o município é constituído do Distrito Sede.

Assim permanecendo a divisão territorial datada de 15-07-1999.
Aniversário da cidade: 11 de agosto.

Gentílico: pereirense

Padroeira do Município: Nossa Senhora da Conceição – comemoração em 08 de dezembro.

Fonte: IBGE
Criação e Desenvolvimento | JC Tecnologia
CopyRight © 2015-2017 | Todos os direitos reservados
PREFEITURA MUNICIPAL DE PEREIRAS
Rua Dr. Luiz Vergueiro, 151 - Centro, Pereiras - SP, Brasil
(14) 3888.8100
Voltar para o conteúdo | Voltar para o Menu principal